ALYNNE ALMEIDA

Alynne Almeida começou no offroad como fotógrafa nas provas de Enduro em Curitiba e região.
Com o passar dos anos, sua paixão por motos só aumentou levando-a se tornar uma piloto.

Sua primeira competição foi em 2010 na prova promocional da Loja Jarva Racing. Nessa prova, as chuvas que anteciparam o evento, aumentaram o nível de dificuldade fazendo com que todos acreditassem que ela não conseguiria concluir a prova por ser uma novata na pilotagem. Mas para surpresa de muitos, ela concluiu a prova com algumas horas de atraso.

Depois desse dia, passou a se dedicar intensamente aos treinos, dando início na sua trajetória no Enduro Paranaense e Brasileiro.

Em seu primeiro ano de competição, participou do Enduro Regularidade na categoria Duplas. Nos anos seguintes, participou das categorias Novatos, Junior e no Enduro FIM.

Se tornou a primeira mulher no Paraná a ser diretora técnica de Enduro FIM, organizadora de provas renomadas, colunista da famosa Revista Pro Moto e piloto destaque do Trail Clube de Curitiba em 2015.
Tem em seu currículo provas conceituadas no cenário offroad Brasileiro, como por exemplo o Enduro Serra Mar e Enduro das Neves.

Seus sonhos e desafios foram aumentando, Alynne participou do temido Enduro dos Pampas em 2014, na qual foi campeã da categoria feminina. Mas, o maior deles foi se tornar a primeira piloto do sul do Brasil a participar do Enduro da Independência, onde mais uma vez superou todas as expectativas, dela, diante de imprevistos como uma queimadura grave e problemas técnicos na moto, e dos que desacreditavam que ela completasse a prova.

Alynne contou com o apoio de diversas marcas do mundo offroad como: ProTork, MXF Motos, Sabrina Katana e NQI Power.

Em 2016 ela foi em busca de novos desafios. Participou de sua primeira prova de velocross no Rio de Janeiro, antes mesmo de realizar seu sonho pessoal: dar a volta ao mundo, que duraria 4 anos. Como uma boa apaixonada por motos, incluiu a moto em alguns roteiros: Tailândia, Laos, Vietnam, Cambodia, USA, Indonésia, Índia, entre outros.

Atualmente, além de se dedcar as suas viagens, se tornou professora de Yoga. Mas seu amor pelo mundo offroad continua imenso.

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *